Criar uma Loja Virtual Grátis
A importancia do Batismo no Espírito Santo.

A IMPORTANCIA DO BATISMO NO ESPÍRITO SANTO COM A EVIDENCIA DE ORAR EM OUTRAS LINGUAS.

 

Aleluia amados irmãos! Quero que saibam que estamos avançando em conhecimento e em verdade - (João 8:32) - E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. Essa verdade é o que liberta independente do que estamos vendo e sentindo, pois não somos guiados pelo que vemos e nem sentimos e sim pelo que cremos! (II Corintios 5:7)
Minha intenção neste rápido estudo é explicar um pouco a importância da oração em outras línguas à luz da Palavra. Sei que este assunto para alguns ainda não é muito claro, mas creio que esta leitura será um canal de benção e por meio dela os olhos do entendimento serão iluminados.
Gostaria, então, de começar observando o que nosso Mestre Jesus disse à respeito do revestimento de poder pelo Espírito Santo e a evidência de línguas:
(Marcos 16:17) - E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demônios; falarão novas línguas
Veja que Jesus disse que línguas seria um sinal dos que cressem. Esse crer persiste até hoje. Não cessou, pois continuamos crendo! Ainda:
(Atos 1:4) - E, estando com eles, determinou-lhes que não se ausentassem de Jerusalém, mas que esperassem a promessa do Pai, que (disse ele) de mim ouvistes. 
(Atos 1:5) - Porque, na verdade, João batizou com água, mas vós sereis batizados com o Espírito Santo, não muito depois destes dias. 
(Atos 1:6) - Aqueles, pois, que se haviam reunido perguntaram-lhe, dizendo: Senhor, restaurarás tu neste tempo o reino a Israel? 
(Atos 1:7) - E disse-lhes: Não vos pertence saber os tempos ou as estações que o Pai estabeleceu pelo seu próprio poder. 
(Atos 1:8) - Mas recebereis o poder do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra.
Após isso Jesus pediu aos discípulos que aguardassem a promessa do Espírito Santo, o Batismo nEle, pois já estava por acontecer, e assim eles seriam revestidos de poder.
(Atos 2:2) - E de repente veio do céu um som, como de um vento veemente e impetuoso, e encheu toda a casa em que estavam assentados. 
(Atos 2:3) - E foram vistas por eles línguas repartidas, como que de fogo, as quais pousaram sobre cada um deles. 
(Atos 2:4) - E todos foram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem. 
Eis que a promessa se cumpriu. Profecias mencionadas em todo o Velho Testamento cumpriram-se no dia de pentecostes (Joel 2:28, Isaías 28:11-12) em que todos foram cheios do Espírito e inspirados a falar em línguas.


Eu convido você amado leitor a perceber como foram os frutos do ministério de cada apóstolo após o revestimento de poder, depois que foram cheios do Espírito Santo, dando um destaque ao Apóstolo Paulo. Amados, Paulo não escreveu todas as cartas cheias de poder que encontramos na bíblia apenas por ser apóstolo. Ele tinha uma diferença, uma edificação de seu espírito no Espírito Santo e nos explica um pouco sobre isso:
(I Corintios 14:2) - Porque o que fala em língua desconhecida não fala aos homens, senão a Deus; porque ninguém o entende, e em espírito fala mistérios. 
(I Corintios 14:3) - Mas o que profetiza fala aos homens, para edificação, exortação e consolação. 
(I Corintios 14:4) - O que fala em língua desconhecida edifica-se a si mesmo, mas o que profetiza edifica a igreja. 
Veja como Paulo ressalta que a oração em línguas é a oração direcionada a Deus, pois nosso espírito, inspirado pelo Espírito Santo, fala mistérios resultando a sua PRÓRIA EDIFICAÇÃO. Por isso Paulo fala que NA IGREJA a profecia é mais importante que línguas, sendo que línguas edifica a pessoa que ora e a profecia edifica toda a congregação.
Ainda Paulo menciona:
(I Corintios 14:14) - Porque, se eu orar em língua desconhecida, o meu espírito ora bem, mas o meu entendimento fica sem fruto. 
(I Corintios 14:15) - Que farei, pois? Orarei com o espírito, mas também orarei com o entendimento; cantarei com o espírito, mas também cantarei com o entendimento. 
Veja que o Espírito Santo através de Paulo pede para que sejamos equilibrados orando / cantando com o espírito (em línguas) e também orando / cantando com o entendimento (usando nosso intelecto). Aleluia! A oração em línguas é poder! É edificação! É uma oração específica que só o Pai Celestial entende! O Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis:
(Romanos 8:26) - E da mesma maneira também o Espírito ajuda as nossas fraquezas; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis. 


Aleluia! Orar em línguas é poder contar com o próprio Espírito Santo intercedendo por nós, nos ajudando em nossas fraquezas!
Paulo, entendendo tal poder, declarou a seguinte prática:
(I Corintios 14:18) - Dou graças ao meu Deus por falar em línguas mais do que todos vós. 
Paulo vivia e andava falando em línguas! Amados, orando em línguas tocamos no sobrenatural! Fazemos um link direto com a vontade de Deus para nossas vidas. 


Compare com o exemplo de um carro que periodicamente precisa de combustível. Orar em línguas nos abastece, nos traz fé, nos traz direções! Glória a Deus!
Vejam isso por essa passagem:
(Judas 1:20) - Mas vós, amados, edificando-vos a vós mesmos sobre a vossa santíssima fé, orando no Espírito Santo, 
Orando pela inspiração do Espírito Santo (em línguas) crescemos em fé! Cremos mais ainda com nosso coração que a Palavra de Deus é a verdade para nossas vidas e nos capacitamos para vivê-la! Nos apropriamos das bênçãos conquistadas por Jesus! 
Acredito que o conteúdo apresentado pelo Espírito Santo é rico e creio que o próprio Espírito lhe convencerá destas coisas. Pretendo, na próxima oportunidade, tratar sobre como receber o batismo no Espírito Santo e também como praticar aquilo que Paulo praticava e o fez ser um Cristão de poder, ousado e cheio do Espírito: Orar em línguas em todo o tempo.

Sejam abençoados pelo conhecimento e prática da Palavra.
Em Cristo, com amor,
Rafael PAIVA




REFERÊNCIAS COMPLEMENTARES
(II Corintios 5:7) - (Porque andamos por fé, e não por vista).
(Isaías 28:11) - Assim por lábios gaguejantes, e por outra língua, falará a este povo. 
(Isaías 28:12) - Ao qual disse: Este é o descanso, dai descanso ao cansado; e este é o refrigério; porém não quiseram ouvir.
(Joel 2:28) - E há de ser que, depois derramarei o meu Espírito sobre toda a carne, e vossos filhos e vossas filhas profetizarão, os vossos velhos terão sonhos, os vossos jovens terão visões.